Descubra quais são os melhores canais de venda para a sua empresa

Se você é um vendedor ou tem um negócio na área de vendas, provavelmente já deve ter ouvido falar sobre canais de venda. Mas você sabe exatamente o que são eles e qual a sua importância?

É essencial para um negócio que os produtos fiquem disponíveis onde os consumidores esperam encontrá-los. Dessa forma, os canais de venda são muito importantes por trazerem mais oportunidades para o time de vendas e a organização.

Pensando nisso, explicaremos neste post o que são canais de venda e quais são alguns dos mais eficientes. Acompanhe!

Canais de venda

Os canais de venda são os meios pelos quais as empresas apresentam seus produtos e serviços aos seus clientes, ou seja — a mídia, o local ou a plataforma — que possibilita que eles tenham contato com o que está sendo ofertado.

Eles não são somente uma vitrine para os clientes que já tem a intenção de realizar uma compra, mas também uma maneira de fazer publicidade para as pessoas visualizarem seus produtos e poderem se tornar clientes. Veja alguns dos principais canais de venda existentes.

Pontos de venda

Os pontos de venda (PDV) são os canais físicos mais tradicionais e difundidos entre as pessoas: as lojas físicas que recebem os clientes. O conceito de PDV engloba não somente as lojas próprias, mas também as franquias e os distribuidores. Veja a seguir o que é cada um deles.

Loja própria

É o tipo de ponto de venda mais usado no varejo e entre profissionais liberais. Demanda investimentos mais altos, boa manutenção e, caso seja feita de forma bem planejada, traz ótimos resultados a médio e longo prazo.

Para alcançar os objetivos com uma loja própria, é necessário prestar atenção à organização e design do ambiente, à disposição dos produtos e à localização do estabelecimento.

Franquias

As franquias são extensões de um negócio. Para abri-la, o franqueado usa a marca e produtos ou serviços disponibilizados pelo franqueador.

A franquia é usada por empreendimentos que estão em processo de ascensão, ou seja, é uma maneira de quem está empreendendo conseguir ampliar o alcance e disseminar seu modelo de negócios.

Distribuidores

Os distribuidores são os canais que realizam a intermediação entre o produto e o consumidor, abrangendo uma grande área do comércio. Eles vendem e revendem produtos de terceiros, devendo manter sempre o estoque disponível.

Confira os outros tipos de canais de venda além do PDV.

Venda direta

No Brasil a venda direta é muito comum. Ela é um modelo comercial em que a pessoa que vende os produtos/serviços tem um contato pessoal direto com o consumidor, mas sem um estabelecimento comercial fixo.

A venda direta possibilita maior flexibilidade e, dependendo do esforço do revendedor, pode render muito lucro. É uma ótima alternativa de renda extra, além de funcionar muito bem para negócios de diferentes segmentos. Porém, é necessário muito planejamento, a fim de realizar um bom controle e aumentar o alcance do negócio.

Marketplace

Os marketplaces são plataformas virtuais que possibilitam que os anunciantes se cadastrem e realizem a comercialização de seus produtos e serviços.

Geralmente, as organizações que têm um site de marketplace recebem uma comissão dos anunciantes, que é cobrada de acordo com a visibilidade desejada por eles. Dessa forma, quanto maior a visibilidade, maior será o valor cobrado por quem gerencia o marketplace.

As vantagens de se utilizar esse canal de vendas são inúmeras, principalmente a visibilidade — já que muitos consumidores escolhem marketplaces porque conseguem visualizar diversos produtos de uma só vez. Logo, essa é uma ótima forma de aumentar as vendas.

E-commerce

O e-commerce ou comércio eletrônico, diferentemente do marketplace, é a loja virtual da empresa. Ele é um canal de venda que tem grande potencial de crescimento e já configura o êxito de vários empreendimentos.

Ter um e-commerce possibilita liberdade com relação à forma de pagamento, exibição de produtos, divulgação e personalização do site. Porém, é preciso muito mais esforço para administrar e conseguir fazer a empresa crescer.

Além disso, para ter um e-commerce de sucesso, é necessário fazer a diferenciação do seu negócio. É fundamental estudar bem o mercado, criar estratégias adequadas e saber aplicá-las no momento certo. Caso haja um bom planejamento de negócios, ter a sua loja virtual pode trazer muitos benefícios.

Google Adwords

No marketing digital, o Google Adwords é considerado um dos mais famosos canais utilizados pelas empresas.  Nele é possível comprar palavras-chave que os seus consumidores utilizam para encontrar o produto ou serviço que você oferece.

Por exemplo, se a empresa vende equipamentos, ela deve comprar palavras, como: “equipamentos para fábrica”, “equipamentos profissionais”, ou outros termos que sejam adequados ao negócio.

Esse é um canal de vendas mais direto, ou seja, para as pessoas que já estão mais inclinadas a realizar a compra, sabendo o que desejam adquirir. É possível se posicionar melhor no Google e ficar mais visível para seu público por meio de lances, como em um leilão — aumentando assim as chances de venda.

Google Shopping

O Google Shopping exibe, nos resultados de pesquisa do Google, os produtos e serviços que estão à venda no mercado online e também disponíveis em forma de anúncios no Adwords. Os produtos são exibidos com nome, loja e preço cobrado.

Para anunciar no Google Shopping sua empresa deve possuir um e-commerce, ou será preciso formatar as informações dos seus produtos e enviar para o Google. Esses dados são importantes para que se conclua o cadastro no Google Merchant Center.

Após o cadastro, é necessário integrar o Merchant Center à sua conta do Adwords e realizar uma campanha do Google Shopping. As vantagens do Google Shopping são as mesmas de anunciar no Adwords, porém os consumidores poderão ver não só o texto, mas também a foto e o preço do produto em destaque nos seus resultados de busca.

Como você já percebeu, é vasta a lista de canais de venda disponíveis. É necessário analisar qual ou quais deles melhor se encaixam para você e que gerem leads para seu negócio.

Agora que você já sabe do assunto, verifique qual o estilo do seu público-alvo, seus interesses e faça uma pesquisa para descobrir como eles chegaram até sua empresa. Isso ajudará a definir quais canais deverão ser utilizados, a fim de captar mais clientes.

Gostou dos nossos exemplos de canais de venda? Continue sua visita em nosso blog e aprenda agora mesmo como qualificar a venda de serviços de uma empresa!

Powered by Rock Convert
0 170