Afinal, o que é Just in time?

O Just in time é a opção ideal para empresas que desejam otimizar os processos de produção, reduzir o estoque e eliminar de uma vez por todas o desperdício. Esse conjunto de técnicas de gestão foca no processo produtivo com mais intensidade, na máxima qualidade, na organização do trabalho e na redução de custos.

Por essa razão, essa ferramenta vem sendo amplamente utilizada por corporações cujo negócio envolve complexidade na fabricação de produtos. Se você não está familiarizado com o assunto, leia este post até o final. Nele apresentamos todas as informações importantes para sanar as suas dúvidas!

O que é o sistema Just in time?

O termo Just in time (JIT) — ou, traduzido para o português, “na hora certa” — descreve um modelo de gestão que propõe que o processo produtivo seja feito de acordo com a demanda. Ou seja, a empresa produzirá somente o que já foi encomendando pelo cliente e na quantidade exata que ele deseja, repetindo esse procedimento em cada etapa da produção.

Produzindo somente aquilo que é demandado, os custos de estoque, os derivados desse processo e o desperdício de insumos são reduzidos significativamente. Como resultado, também grande economia no sistema logístico e de distribuição. Além disso, o método Just in time também inclui aspectos de projeto de produtos, gestão da qualidade, administração de materiais e organização do trabalho.

Como esse método surgiu?

O Just in time foi desenvolvido e aplicado pela primeira vez na década de 50, pelos japoneses da montadora de carros Toyota, que utiliza o método até hoje. Após a Segunda Guerra Mundial, a fábrica buscava ganhar agilidade e eficiência na produção com baixo investimento, para ganhar competitividade no mercado automobilístico, já que as indústrias norte-americanas cresciam em grande velocidade.

O resultado dessa busca foi o JIT, um método baseado na produção sob demanda, isto é, em que o produto só é fabricado após ter sido vendido. Dessa forma, tudo tem um destino final correto e, portanto, não há sobra de matéria-prima, que só chega à fábrica quando é necessária. Além disso, os equipamentos, instalações e equipes são minimamente utilizados.

Com esse modelo de gestão, a Toyota, que levava cerca de 1 hora para preparar uma prensa de 800 toneladas — utilizada para modelar capôs e para-choques —, conseguiu diminuir esse tempo para somente 12 minutos.

Quais os seus principais objetivos?

O modelo Just in time é uma forma de gerenciar a produção focada em resultados e melhorias de processos. Seus principais objetivos são:

  • diminuição de estoque;
  • eliminação de desperdício nas diferentes etapas do processo produtivo;
  • otimização da produção;
  • redução dos custos derivados sem perda da qualidade;
  • aprimoramento das operações logísticas.

Com melhorias contínuas e mais efetivas, se algum problema ocorrer em algum estágio da produção, é muito mais fácil resolvê-lo.

Como ele ajuda a empresa?

Os benefícios da utilização do Just in time são inúmeros, com destaque para o fato de que a otimização do processo produtivo faz com que a empresa se torne mais competitiva no mercado.

O planejamento e a busca contínua pela melhoria, além de ajudarem a reduzir desperdícios, também reduzem de forma considerável o tempo de preparação e de movimentação durante todas as etapas de produção.

A qualidade é outra característica presente em organizações que utilizam esse sistema de gestão, porque evita a aparição de defeitos e a necessidade de retrabalho no decorrer de todo o processo. Outra vantagem relevante é que, ao serem produzidos lotes menores, diminui também a quantidade de produtos que podem ser afetados caso ocorra algum defeito em um lote completo.

Nesse modelo, os colaboradores recebem treinamentos para que realizem suas atividades da melhor maneira possível, e a qualidade daquilo que entregam sempre é verificada.

O Just in time também conta com maior flexibilidade e velocidade. Como há menos tempo envolvido no processo, a mudança em um modelo de produto é mais flexível. E, como o nível de estoques e o Lead Time (tempo de aprovisionamento) são baixos, o ciclo de produção é mais curto e o fluxo mais rápido.

Quais as características do Just in time?

Esse sistema de produção tem muitas características. Confira abaixo as principais.

Máquinas sequenciadas de acordo com o processo

Quando as máquinas e equipamentos estão desalinhados, os colaboradores acabam fazendo movimentos desnecessários de “ir e voltar” constantemente, o que gera perda de tempo. Por isso, é importante criar um fluxo sequenciado de acordo com o processo produtivo, facilitando o movimento dos materiais e da equipe.

Operadores multifuncionais

São funcionários capacitados para se adaptarem a qualquer ambiente e, que a qualquer momento, podem trocar de posto de trabalho e desenvolver outras funções. Esse é um ponto-chave, já que pode acontecer de um operador ter algum imprevisto e não poder comparecer ao trabalho. Nesse caso, é possível substituí-lo sem prejuízos e sem comprometer o processo como um todo.

Operações ergonomicamente corretas

Essa característica basicamente tem como objetivo organizar cadeiras, mesas e balcões de forma ergonômica para que os colaboradores possam trabalhar de forma correta, evitando o surgimento de problemas de saúde.

Equipamentos pequenos e baratos

Aqui, o fundamental é dispor de máquinas e equipamentos flexíveis e que sejam suficientes para atender sua demanda. Portanto, não há a necessidade de investimentos em máquinas com grande capacidade de produção.

E, caso haja aumento na demanda, é essencial realizar uma projeção e, de acordo com ela, aumentar proporcionalmente a quantidade de máquinas e alterar a forma como elas devem produzir. Caso contrário, a companhia gastará muito em manutenção, gerando custos desnecessários.

Fluxo de uma única peça

Essa é uma característica muito importante para o Just in time. Trabalhar com uma peça por vez no processo produtivo gera alguns benefícios e agrega valor, já que torna o fluxo mais específico. Também elimina desperdícios e evita a criação de lotes intermediários.

Em suma, como é possível perceber, existem diversas vantagens ao se aplicar o Just in time na produção. Além de tudo, ele pode ser aplicado em qualquer processo dentro de uma organização.

Esperamos que este artigo tenha tirado suas dúvidas sobre o que é Just in Time. Para obter mais insights para a sua empresa, leia também nosso post sobre o que é indústria 4.0 e como implementar no seu negócio!

Powered by Rock Convert
0 142